Exposição: Unidades Instagram

Galeria CONSIGO até 29 de outubro!!

Cinco fotógrafos amigos. Cinco estórias e experiências. Cinco olhares. Cinco formas de ver o mundo e a vida.

“Unidades Instagram” é resultado das experiências e vivências de Clicio Barroso (@clicio), Pepe Melega (@pepemelega), Ricky Arruda  (@rickyarruda), Alexandre Urch (@aurch) e Kazuo Okubo (@kazuookubo) com o Iphone e seus vários aplicativos fotográficos, especialmente o Instagram, onde postadas todas as fotos que estão expostas, entre vários comentários divertidos e tudo com muito prazer.

Riky é um entusiasta do movimento Instagram, envolvido em diversos projetos, e neste mês escreveu a matéria de capa da revista  Photo Magazine, onde descreve muito bem a pluralidade dos olhares no movimento Instagram. Bom texto, belas fotos!

Segundo Ricky Arruda, “Mais do que equipamentos caros ou cheios de recursos, o que se privilegiou aqui foi o olhar de cada um e as experiências de cada um, que captaram a foto pela câmera do celular e fizeram os tratamentos nele mesmo, sem nenhum compromisso com regras ou academicismos mas buscando sempre uma imagem instigante, interessante, bonita e agradável.”

O que acho muito interessante é que neste último mês, várias iniciativas aconteceram para tirar do mundo virtual este “momento” fotografia por celular, ou para ser mais preciso, fotografia com o iPhone.

O Ricky falou muito bem em seu blog, e eu tomo a liberdade de repetir aqui. Saíram dos celulares:

“Coleção Instantes da Casa da Luz Vermelha”, a Galeria de Fotos do Kazuo Okubo, em Brasília. Sob a curadoria do próprio Ricky, lançou a Coleção de Instagrams de 10 fotógrafos, inclusive eu participo, para venda durante o Paraty em Foco. Ficaram lindos. Ganharam status de obra de arte, impressos em papel algodão museológico, fine art. Tudo feito com atenção e profissionalismo no Atelier de Impressão. No Paraty em Foco foi um sucesso!

Outra série de “Instagram” foi  impressa em azulejos, com moldura de classe e qualidade, com curadoria da Monica Maia, para a Revelar Brasil. Nessa eu também participo, assim como Érika Garrido, o próprio Ricky Arruda, Daigo Oliva entre outros talentosos profissionais. Também foi um sucesso de crítica e vendas!

Em setembro abriu a exposição #instasampa, com 30 Instagrams de São Paulo, no Armazém Piola. Iniciativa de Monica Maia,  e curadoria de Rafael Jacinto da Cia de Foto.

Com isso, podemos observar o prazer em fotografar a qualquer momento, o prazer de retroalimentar o olhar, permitindo novas observações e novas formas de registrar um mundo cada vez mais fotografado. E, porque não, embora alguns críticos “se mordam”; arriscar trabalhos comerciais com este tipo de fotografia. Eu mesmo, já produzi material para a revista 2016, onde acompanho o músico e “filósofo boêmio” Fausto Fawcett pela noite carioca, para uma crítica sobre as transformações na cidade do Rio de Janeiro, que se prepara para receber uma Copa do Mundo de Futebol e uma Olimpíadas. Mas isso conto em outro post.


Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>